Como as pessoas se apaixonam?

Essa é a pergunta da Vitória Olímpia que mora lá em Caeté, Minas Gerais.

Olá Vitória! Quando nos apaixonamos, sentimos um monte de coisas diferentes, não é? Podemos sentir alegria, vergonha e até confusão, pois a paixão é algo complexo e que não conseguimos controlar. O nosso coordenador do projeto, por exemplo, disse que sentiu dor de cabeça e vivia correndo com vergonha da pessoa amada! 

Nós não sabemos te dizer como as pessoas se apaixonam, mas podemos te contar o que os cientistas dizem que acontece no corpo de uma pessoa apaixonada. Isso mesmo, o corpo INTEIRINHO participa desse processo.

Um montão de substâncias químicas estão envolvidas na paixão. Quando encontramos uma pessoa que chama nossa atenção por algum motivo, seja por interesses em comum, por que ela é engraçada, pela aparência ou por vários outros fatores, nosso cérebro começa a liberar em maior quantidade um neurotransmissor chamado dopamina, que, além de outras funções, é responsável pelo prazer. E é daí que vem a sensação de se sentir bem quando está apaixonado. 

Além da dopamina, outras substâncias também são liberadas. Elas fazem a gente perder o sono, o coração acelerar, as mãos suarem e nos faz sentir aquele friozinho na barriga, a famosa sensação de borboletas no estômago. Além disso, as pupilas aumentam de tamanho, a respiração acelera, as pernas tremem e até para decidir as coisas fica mais difícil! Viu só como o corpo inteiro sente os efeitos da paixão?

Na medida que o tempo vai passando, hormônios diferentes são liberados e contribuem para fortalecer a ligação e criar o sentimento de família.

Sendo assim, a gente percebe que quando as pessoas se apaixonam há, literalmente, muita química entre elas!

Pergunta ilustrada por Marianna Teixeira e respondida por Bruna Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *