Como funcionam as vacinas e como são produzidas?

Lembra de quando você achava muito chato ir no posto de saúde para tomar vacina? Sentir aquela agulha espetando a nossa pele realmente não é uma sensação muito boa, e às vezes até ficava dolorido, não é mesmo? Tomar vacina pode até doer, mas passa rapidinho…  e você toma ela por uma boa razão, pode acreditar!

Existem várias formas de tomar vacina: elas podem, por exemplo, ser aplicadas no músculo ou em regiões mais superficiais, como a derme. Outra forma de tomar vacina é pela boca, através de gotinhas! Seria muito bom se toda vacina fosse assim, né?

Elas também podem ser aplicadas em diferentes regiões do corpo, como no bumbum, na coxa ou no braço. A escolha do local de aplicação depende muito do indivíduo que está tomando a vacina e também da quantidade que será aplicada. A coxa, por exemplo, é indicada para crianças até os 24 meses, pois este músculo está melhor desenvolvido desde o nascimento. O braço é indicado para pequenas quantidades da solução, por ser uma região menor. Já o bumbum é indicado em caso de volumes maiores da vacina.

Mas como será que as vacinas funcionam?
Na natureza existem microorganismos como alguns vírus e bactérias que quando entram em contato com o nosso corpo são capazes de nos deixar doentes. E é por isso que a gente toma a vacina: pra não ficarmos doentes! Esses organismos provocam a morte das nossas células ao injetarem seu material genético no interior delas. Ah, e tem mais: para se multiplicarem, eles também precisam estar dentro das nossas células, que funcionam como um ambiente perfeito para manterem o ciclo de vida do vírus.

As vacinas são produzidas a partir desses microorganismos, mas tem um grande detalhe: eles passam por alguns processos que os deixam bem fraquinhos e sem força, incapazes de nos fazer algum mal.

Quando entram no nosso corpo, as vacinas estimulam a produção de células de memória. Essas células reconhecem os vírus e as bactérias que tentam nos infectar e produzem substâncias muito poderosas, chamadas de anticorpos, que destroem esses microorganismos. E é assim que o nosso corpo se protege. Viu só que interessante?

Agora eu que te faço uma pergunta: por que será que não existe vacina para todo tipo de doença?

Respondida por Bárbara Kelem
Ilustração de Maria Carolina

4 thoughts on “Como funcionam as vacinas e como são produzidas?

  1. Porque cada doença tem um vírus, uma bactéria diferente e os cientistas, precisam pesquisar e estudar muito cada um deles, para descobrir e testar vacinas contra novas doenças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *