Como os machucados saram?

Machucar é a coisa mais comum do mundo, principalmente quando somos crianças e caímos enquanto corremos e brincamos. Alguns machucados saram mais depressa enquanto outros demoram mais. Mas como isso acontece? Por que depois de algum tempo já não possuímos mais aquela ferida? A Fernanda Nunes, aluna de Medicina da UFMG, é quem nos ajuda a responder essa questão. Confiram:

Quando você rala o joelho, até que o machucado sare passa um tempo, não é? é porque muita coisa tem que acontecer para que seu joelho fique como antes.

Na hora que você rala sai sangue. E esse sangue vai endurecer e formar a famosa casquinha do machucado. Enquanto isso acontece, algumas células são levadas através dos vasos sanguíneos ao local do machucado para tentar reconstruir aquilo que foi ferido. Essas células fazem parte do nosso sistema imunológico que, além de ser o nosso sistema de defesa, é responsável por reparar tudo aquilo que é lesado no nosso organismo. Essas células, então, vão produzir substâncias capazes de estimular o crescimento e a multiplicação de células desse local. Essas novas células vão tomar o lugar daquelas perdidas quando você machucou. E, além disso, são produzidas substâncias que vão estimular a formação de todos os outros componentes desse tecido. à medida que tudo isso vai sendo formado, esses componentes já vão sendo organizados de maneira a formar um novo tecido praticamente igual ao tecido que foi perdido. Apesar disso, muitas vezes fica uma cicatriz no lugar em que machucamos. Isso acontece porque a reparação desse tecido é relativamente “exagerada”, formando uma quantidade de tecido extra e rico em proteínas que dão maior resistência ao tecido, como o famoso colágeno.

E sabe por que é importante lavar o machucado com água corrente e sabão? Porque você lembra que eu falei que são as nossas células de defesa que estimulam a formação do novo tecido? Então, se o machucado estiver cheio de sujeira e de microorganismos, nossas células de defesa estarão muito ocupadas tentando combatê-los e não vão conseguir produzir adequadamente as substâncias importantes para reconstrução dos tecidos. E aí o machucado vai demorar muito mais para sarar.

Partes em amarelo foram acrescentadas para mostrar que nem sempre a cicatrização deixa o tecido íntegro como antes, podendo formar queloides. Além disso, acrescentou-se complementações para deixar as ideias do texto mais claras e corretas.

Essa pergunta foi ilustrada por Leonardo Barros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *