De onde nasce a água salgada?

A Gabriela Assunção de 9 anos, que mora em  Martinho Campos- MG nos fez essa pergunta. Vamos conferir?

Oi Gabriela! Já ouviu este ditado popular: “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”? Ele explica um pouco sobre a origem da água salgada, isso mesmo! As águas dos rios, mares e oceanos de tanto baterem, acabam fazendo furinhos e desgastando as rochas. Com isso, pequenas partículas com sais minerais são jogadas nas águas, como o cloreto de sódio – o famoso  “sal de cozinha”. Durante milhares de anos o sal foi sendo depositado nas águas, e essa mistura fez “nascer a água salgada”!

Outro processo que contribui para isso é a evaporação. Vamos fazer uma experiência para entender melhor? Coloque um pouco de água em um copo, adicione um pouco de  sal e misture bem. Veja que o sal desapareceu na água, mas ele continua lá, dissolvido. Agora deixe o copo no sol durante alguns dias. O que percebeu? Viu que a água diminuiu, mas o sal ficou com a mesma quantidade de antes, só que lá no fundinho do copo? Pois é, com o calor a água vai se evaporando aos poucos, mas o sal não evapora e permanece lá deixando a água ainda mais concentrada de sal- e é isso que acontece nos mares e oceanos.

Ah, e sabia que não são só os mares e oceanos que possuem águas salinas? Existem alguns lagos que também possuem sal na água. É o caso do Mar Morto, que inclusive tem as águas mais salgadas do planeta terra. E olha que legal: a grande quantidade de sal nesse lago deixa a água do Mar Morto com uma densidade maior que a do corpo humano, e  as pessoas podem até boiar. Deve ser muito divertido!

Toda a água salgada que existe nos oceanos, mares e lagos, representa cerca de 97,5% de toda a água que existe no nosso planeta. Vou te explicar melhor o que isso significa: imagine só que em 1.000 garrafas tivesse toda a água do mundo – desse total, 975 garrafas seriam de água salgada e apenas 25 garrafas seriam de água doce. É muita coisa, né? Mas apesar da grande quantidade, não podemos consumir água salgada. Sendo assim, devemos cuidar da pequena quantidade de água potável, para que tenhamos água por muito tempo.

Agora eu te pergunto: por que as águas dos rios não são salgadas?

Pergunta respondida por Amanda Martins e ilustrada por Marianna Teixeira

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *