De onde vem o arroto?

“Buuurp!”

Para a gente, arrotar é bem chato não é mesmo? Provavelmente sua mãe já deve ter te falado que é falta de educação também. Mas sabia que existem culturas, como a chinesa, em que arrotar depois das refeições sinaliza que a comida estava boa? Interessante, não?

Bom, e você sabia que o nome científico para o arroto é “eructação”? Isso mesmo! E foi sobre isso que o Rinaldo Júnior, de 10 anos, e o Mateus, de 11, ambos moradores da Serra do Cipó, nos fizeram uma pergunta: “como é formado o arroto?”

Quem ajudou na resposta foi a Fernanda Nunes, aluna de Medicina da UFMG. Ela diz que o arroto não é nada mais que expelir gases pela boca.

O que acontece é o seguinte: o ar e os alimentos entram no nosso corpo por caminhos diferentes. O ar passa pelo nariz (ou pela boca) e atravessa um tubo até chegar aos pulmões. Já o que comemos começa a descer por esse mesmo tubo, mas depois passa para um outro, chamado esôfago. Do esôfago, a comida segue para o estômago e depois para os intestinos delgado e grosso. Mas isso não acontece sempre: “às vezes, o ar pega o caminho errado e vai parar lá no estômago. Isso acontece quando estamos comendo e falando ao mesmo tempo ou também quando bebemos um refrigerante cheio de gás”, explica Fernanda.

E o que acontece com esse ar ou gás? A aluna explica que “se esse gás está no lugar errado, ele deve sair. Aí ele pega o caminho contrário até a boca e a gente arrota”.

E o barulho esquisito, vem de onde? Fernanda diz que o ar, quando passa outra vez pelo esôfago, provoca uma vibração lá dentro, fazendo as paredes desse tubo tremer. E é isso que dá origem a esse som tão estranho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *