Por que a genética afeta tanto o nosso corpo?

Desde o início da formação do embrião, ainda no útero da sua mãe, a genética já afetava o seu corpo, ou o que viria a ser o seu corpo. O que a gente pode chamar de genética neste caso são as informações que são passadas através da sua mãe e do seu pai e que ficam dentro de cada célula do seu corpo. No comecinho, quando o óvulo da sua mãe foi fecundado pelo espermatozóide do seu pai deu-se a partida para que essa nova célula se dividisse para virar você. Ali, já existiam as informações para quase tudo o que você poderia ser. A maior parte dessas informações passa através daquela famosa molécula: o DNA. A partir dos genes presentes no DNA cada célula do corpo recebe comandos para fazer com que o nosso corpo cresça, se modifique e até mesmo que envelheça.

Agora será que é só a genética que afeta o nosso corpo? Acho que não e vou te dar um exemplo: você já ouviu falar que quando estamos apaixonados ou muito felizes a nossa pele fica mais bonita?  Segundo a ciência, parte do seu cérebro percebe quando você está apaixonado e, com isso, isso envia sinais para a sua pele, estimulando a regeneração das suas células – por isso ela fica mais lisinha e algumas pessoas acham que ela fica mais bonita.

Então, as nossas emoções, aquilo que a gente come, o ar que a gente respira, enfim, todo o ambiente e a forma como a gente vive também afetam o nosso corpo!

Pergunta respondida por Lane e Débora D’ávila

Ilustração: Rayanne Viera.

One thought on “Por que a genética afeta tanto o nosso corpo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *