Por que a pálpebra é tão molinha?

A gente pisca o tempo todo, não é verdade? E, também, não é tão bom fechar os olhos e dormir à noite? Já parou para pensar que a gente só pode fazer isso porque a pálpebra, essa pele que faz o olho abrir e fechar, é bem mole e fininha?

Bom, mas como ela funciona? Por que é tão molinha? Isso foi o que a Isabele, que tem 10 anos e mora em Caeté, deixou para a gente. E quem ajuda a responder é Fabiana Cassiano, aluna de Medicina da UFMG. Veja o que ela diz:

“Bom Isabele, a pálpebra é molinha porque é feita de um pouquinho de músculo e muita pele. Você já reparou que a sua pálpebra, apesar de ser bem molinha, é mais firme, mais durinha que a da sua mãe? E que a pálpebra da sua mãe e bem mais firme que a da sua avó? Pois é, isso acontece porque a pele que forma a maior parte da pálpebra fica mais flácida quando a pessoa vai ficando mais velha. Imagine só, quando sua avó era bem novinha, a pálpebra dela era igual a sua, não é legal?

A pálpebra precisa ser desse jeito pra gente conseguir piscar o olho! Imagine se nossa pálpebra fosse bem dura! Seria difícil pra ela ficar abrindo e fechando o tempo todo. E pior ainda: se ela fizesse isso, acabaria arranhando nosso olho, não é mesmo?”

Ilustração de Leonardo Barros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *