Por que nós temos pintas?

Essa é a pergunta que o Leonardo e a Ester, de 10  anos, e o Pedro, de 11 anos, nos fizeram.

A nossa pele pode ser mais clara ou mais escura devido a uma substância chamada melanina, que é produzida pelas células que existem lá. As pintas são lugares onde a melanina ficou acumulada. É como se você pintasse uma folha de papel de uma cor só, mas depois disso deixasse cair respingos de tinta em alguns pontos.

Algumas pintas você já tem desde o nascimento. Outras vão aparecendo com o tempo. Alguns fatores do ambiente, como os raios solares, facilitam a formação de novas pintas. Você já percebeu que, em geral, pessoas mais velhas têm mais pintas? É porque elas já tomaram sol durante muito mais tempo que você.

Existem vários tipos de pintas. Por exemplo, tem as que são lisinhas ou as que parecem um montinho. Além das pintas, existem as sardas, que geralmente são mais clarinhas e mais visíveis nas pessoas de pele muito branca. Esse tipo de pinta é herdado dos pais através do DNA. Em geral, uma pessoa só pode ter sardas se pelo menos um dos pais também tiver. Mas filho de pais com sardas podem nascer sem esse tipo de pinta.

A gente tem que se preocupar de verdade com uma pinta se ela começar a crescer muito ou de repente mudar de aparência. Nessas horas pode ser importante procurar um médico. Fora isso, uma pinta pode até dar um charme especial!

Ilustração: Leonardo Barros

2 thoughts on “Por que nós temos pintas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *