Quais doenças são causadas pelo lixo e quais danos elas causam no nosso organismo?

O lixo por si só não causa doenças mas pode servir de abrigo e de alimento para animais como mosquitos, ratos e baratas que podem nos transmitir doenças.

Mas como assim? Vamos lá, deixa eu te explicar: A leptospirose, por exemplo, é causada por uma bactéria presente na urina do rato. Ela causa danos no nosso corpo como dor muscular, calafrios, olhos vermelhos, falta de ar e pode levar à morte se não for tratada. 

Outras doenças como a cólera, a ascaridíase, a peste bubônica e a amebíase também podem ser contraídas por microrganismos presentes no lixo, e até mesmo nas fezes, urina ou picada de animais contaminados. 

Além disso, durante a decomposição do lixo é formado o chorume, um líquido fedorento e cheio de microorganismos que podem ser prejudiciais para nossa saúde! Eca! E ainda tem mais: esse líquido pode penetrar bem fundo no solo e poluir o nível freático, que são as águas que estão abaixo do solo e representam importantes fontes de água potável.

Pensando nisso é melhor prevenir esse monte de problemas, não é mesmo? E sabe como você pode fazer isso? A resposta é simples! Basta diminuir a produção de lixo, evitando comprar produtos sem necessidade, além de descartar o lixo de maneira correta, dando um destino adequado para ele através da reciclagem e da coleta seletiva, por exemplo. Podemos também contribuir com a saúde de quem trabalha com limpeza urbana! Armazenar o lixo de forma correta e embrulhar cacos de vidro em jornais antes de descartá-los, são ações que evitam que os garis se machuquem e sejam contaminados por doenças.

Com essas ações, o meio ambiente e nossa saúde irão agradecer! 

Para mais informações sobre os problemas causados pelo lixo e sobre destino correto, acesse a cartilha da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) no link abaixo:

http://www.funasa.gov.br/site/wp-content/files_mf/cart_lixo_e_saude_2.pdf

Pergunta respondida por Bruna Dias e ilustrada por Erine Barbosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *